Como funciona o seguro prestamista no Consórcio?

2372
seguro prestamista
O que é seguro prestamista

Como funciona o seguro prestamista no consórcio?

Quando iniciamos um investimento, fazemos escolhas pensando no futuro, sendo otimistas em nossos planos, mas infelizmente há situações que podem mudar o plano inicial que era usufruir do investimento.

O seguro prestamista existe para ajudar você investidor a passar pelas mais complicadas situações e manter o seu investimento ativo e com as mensalidades em dia.

As administradoras oferecem uma oportunidade de prevenção ao investimento, pensando em situações que podem ocorrer no logo período de investimento, veja quais sãos as coberturas:

  • Desemprego
  • Perda renda
  • Acidentes pessoais e invalidez permanente total por acidente
  • Falecimento

Essa cobertura garante que você e seus dependentes estejam com o investimento seguro das mais diversas situações que poderiam fazer você desistir ou mesmo cancelar.

Mas como funciona o seguro prestamista? A resposta para essa pergunta depende muito da situação do investidor, então para que fique claro, vamos abordar uma por uma.

Como funciona o seguro prestamista no Consórcio – Desemprego

O emprego é a maior fonte de renda da família brasileira, então a perda de atividade remunerada faz muitas pessoas desistirem do investimento.

Para que isso não ocorra é possível contratar o Seguro Prestamista, que paga uma quantidade de parcelas, até que se recoloque no mercado de trabalho.

É importante lembrar que para requerer essa opção pela seguradora, o participante deve ter sido dispensado sem justa causa, dependendo também do tempo de investidor e parcelas pagas, a seguradora poderá pagar até 6 parcelas.

Lembrando que o número de parcelas pode mudar de uma empresa para outra, por isso é importante ler o contrato.

Como funciona o seguro prestamista no Consórcio – Perda de renda

A perda de renda é mais caracterizado para quem é autônomo, trabalho não registrado ou similares, se essas pessoas perdem a fonte de renda como manter o investimento?

A resposta é simples, com o seguro prestamista!

Nesse caso é importante entrar em contato com a seguradora para obter detalhes e informações de como requerer o serviço

Por se tratar de uma atividade autônoma a quantidade de parcelas pode ser um pouco menor, até 4 parcelas pagas, lembrando que isso pode variar de uma empresa para outra.

Powered by Rock Convert

Como funciona o seguro prestamista no Consórcio – Acidentes pessoais e invalidez permanente total por acidente

Todos estamos sujeitos a qualquer situação e infelizmente algumas delas nos causam acidentes irreparáveis que complica a geração de renda.

Se um investidor sofrer um acidente que comprometa a renda é importante ter o seguro prestamista, assim algumas parcelas são pagas até que a saúde seja reestabelecida ou alguma decisão seja tomada.

Nesses casos é importante entrar em contato com a administradora e apresentar os laudos médicos que comprovam a situação do investidor e requer o benefício.

Como funciona o seguro prestamista no Consórcio – Falecimento

Perder um ente querido é doloroso e só quem perde pode dizer a saudade que ficará, uma figura que não estará presente no dia a dia, mas é necessário força para se manter e seguir a diante.

Um dos afazeres quando se perde alguém e cuidar dos documentos e questões legais que ainda estão pendentes, isso inclui os participantes do consórcio.

Para as pessoas que faleceram o seguro quita o saldo devedor e devolve o valor pago ao administrador do inventário (conjunto de bens).

Essa pessoa precisa apresentar alguns documentos a seguradora e administradora.

É importante lembrar que há uma diferença no seguro prestamista para quem está apenas investido, contemplado e não comprou e faturado, veja algumas o que fazer:

Seguro prestamista – investidor

Se você apenas paga as mensalidades e aguarda a contemplação, você pode requer o seguro prestamista dentro de uma lista de situações que estamos sujeitos.

Na posição de investidor a seguradora paga as parcelas do investimento ou em casos mais grave, você pode pedir a desistências e devolução do valor pago.

Seguro prestamista – contemplado não faturado

Se você não comprou nada ainda e está decidindo, saiba que o seguro prestamista pode cobrir as mensalidades até que a situação volte ao normal, mas em situações de perda é possível pedir a descontemplação e devolução dos valores.

Seguro prestamista – Faturado

Essa talvez seja uma das situações mais complicadas, porque o uso do crédito gera uma obrigação com o grupo, ou seja, na ausência do pagamento pode acontecer duas coisas:

  • Venda do bem para quitar o débito e liquidar o consórcio
  • Uma pessoa assume e fica responsável pelo bem

O seguro prestamista pode muito em seus efeitos ajudar os investidores a se protegerem de situações adversas que podem mudar o plano inicial do investimento.

Quer informações?

Ligue no nosso 0800 580 0249 ou converse conosco através do WhatsApp Corporativoclicando aqui: https://goo.gl/vQyBbK.